para alugar


Prezado Cliente,

Para alugar um imóvel você precisará comprovar seus rendimentos fixos que irão suportar os aluguéis,  precisam ser iguais ou superiores a 3 aluguéis.

Você poderá apresentar a última declaração de imposto de renda ou os 3 últimos holerites, acompanhados da carteira de trabalho. Empresários poderão apresentar decore dos últimos 3 meses.  Contratos de aluguéis registrados, pensão alimentícia e/ou outros rendimentos comprovados também poderão compor a renda e ainda poderão ser somadas rendas de familiares e/ou cônjuges.

A comprovação de renda através dos 6 últimos extratos bancários poderá ser analisada. Serão levados em consideração créditos regulares e manutenção de saldo médio.

GARANTIAS:

 Seu contrato de aluguel, de acordo com a Lei do Inquilinato, deverá ser amparado uma das 3 garantias abaixo e o primeiro aluguel será pago vencido:

A - Caução de 3 aluguéis – O valor é depositado na conta do proprietário do imóvel e ele lhe restitui, corrigido pela poupança, no final da locação.

B – Seguro Fiança – Neste caso, você terá que contratar junto a uma seguradora que atue neste segmento. O custo, na maioria das vezes fica em torno de 1 aluguel, renovável anualmente. Acesse o guia abaixo para saber mais.

http://www.portoseguro.com.br/seguros/seguro-aluguel/sobre-o-produto/guia-de-contratacao

C – Fiador:  Obrigatoriamente o fiador deve residir na localidade do imóvel. A comprovação de renda somente poderá ser aceita com a apresentação da declaração de imposto de renda. Ele deverá apresentar comprovação de propriedade de 02 imóveis e os documentos pessoais do cônjuge, que também irá fazer parte do contrato. Pessoa Jurídica não será aceita como fiadora de sócio da empresa.

 DICAS IMPORTANTES:

Reúna os documentos necessários e escolha com antecedência o tipo de garantia que vai usar. Se for seguro, providencie sua aprovação, assim, quando encontrar o imóvel o processo ficará mais simples. Caso você possua um fiador, solicite e tenha em mãos a documentação.

- Procure o cartório da cidade onde fica localizado o imóvel e abra sua firma para o reconhecimento da assinatura no contrato. Isso poderá também lhe poupar tempo depois.

- Apresente a documentação completa, assim o processo de locação ficará simples e prático.

- Visitas com muita antecedência são infrutíferas, pois o imóvel espetacular com um preço incrível que você encontrou hoje provavelmente não estará disponível no próximo mês. Nos acompanhe no site, envie o perfil do seu imóvel e estaremos atentos às oportunidades que estarão disponíveis na época ideal para a contratação.

REVISANDO A DOCUMENTAÇÃO:

Do Locatário:

-  CPF, RG e Comprovante de endereço;

-  Profissão, estado civil e nacionalidade

-  Última Declaração de Imposto de Renda;

-  Comprovante (s) de rendimento (s) dos últimos três meses.

 Do Fiador: 

 - RG, CPF do Fiador e da esposa, se for casado;

- Profissão, estado civil e naturalidade (do casal)

- Telefones para contato (do casal)

- e mail (do casal)

- Cópia do Comprovante de endereço;

- Copia da escritura de 02 imóveis locais em nome do Fiador;

- Cópia da Declaração de Imposto de Renda;

- Comprovante de rendimento dos últimos 03 meses, observando-se que o

rendimento do fiador deve corresponder a no mínimo 03 vezes o valor do

aluguel. 

Pessoa Jurídica:

- Copia do contrato social

- 03 últimos balancetes

- Última alteração contratual

- Cartão do CNPJ/CGC

- Documentos pessoais dos sócios (RG, CPF, comprovante de endereço)

- telefones de contato dos sócios e da empresa

- Última Declaração Imposto de Renda 

Observação: o acesso a sua documentação será de acesso restrito ao corretor (a) responsável pelo processo de locação e serão encaminhados ao proprietário do imóvel para compor o laudo de aprovação cadastral.